sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

2011 - Novo Ano!!!

Para este Novo Ano desejo a todos muita Paz e Renovação!!
Renovação de Fé, de Crenças, de Alegrias, de Tristezas, sim de tristezas também, pois são nestes momentos que temos viva nossa incompletude e necessidade de crescimento e evolução.
Que este possa ser um ano de transformação e crescimento pessoal, para que cada um possa ser um grãozinho de areia que juntos pode mudar algo nos corações e ações da humanidade.
Que este seja um Ano de ações renovadas para que 2011 possa ser realmente diferente e especial!!!
Que venha 2011!!!

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Feliz Natal e Ótimo 2011!!!

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Presente de Natal!! - parte II

Seguindo a mesma linha do post anterior, apresento o Splashup, que também é um poderoso editor de imagens disponível online, sem a necessidade de instalação de nenhum software. Como o Pixlr, o Splashup também possui integração com os sites de compartilhamento de imagens Picasa, Facebook e FlickR.
Com o Splashup é possível utilizar diferentes camadas para compor uma mesma imagem, assim como o PhotoShop. 
Se você gosta de editar imagens, experimente estas ferramentas e escolha a que melhor se adapte as suas necessidade.
Bom proveito!

Presente de Natal!!


Compartilho aqui um achado que com certeza poderá ser utilizado durante todos os dias do ano.

Estou falando de um editor de imagens online, o Pixlr, muito semelhante ao gigante das imagens PhotoShop. É um software baseado na tecnologia flash, que possui inúmeros recursos de edição e ainda conta com plataforma para diversos idiomas, inclusive o Português.
Também possível utilizar suas imagens publicadas no FaceBook, Picasa e Flick para editar e publicar novamente, tudo diretamente do Pixlr.
Acesse o Pixlr e Boas Edições!!! :)

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Revista Digit@l - Revista Brasilis

A Revista Digital do Portal Brasil é um espaço para quem busca conhecer melhor aspectos da cultura, da economia, da história e outros setores da vida do País. Com reportagens que utilizam recursos como vídeo, áudio, galerias de fotos e infográficos, permite ao internauta se aprofundar nos assuntos abordados sem perder o ritmo de navegação leve e agradável.

A Revista é dividida em três seções. As Reportagens Especiais exploram projetos ou ideias de grande relevância no atual momento do País. Entre os assuntos já abordados estão o Projeto São Francisco, a Rede de Tecnologia Social e a Reserva de Desenvolvimento Sustentável de Mamirauá, no Amazonas.

As Reportagens são reedições de materiais de publicações oficiais, aditivadas com material multimídia. Há também reportagens especialmente desenvolvidas para a Revista Digital, que também contam com esses recursos.

Um dia com é uma seção que agrega vídeo, texto, áudio e galeria de fotos, mostrando como é a rotina em projetos de ponta ou de grande representatividade à cultura, à economia ou à tecnologia brasileira. A última edição mostrou como é o dia a dia no Galeão, um dos maiores aeroportos da América Latina.

A partir do dia 29/11 a Revista passou a se chamar Brasilis. Para escolha do nome, foi realizado concurso público e a escolha através de votação, sendo que o escolhido foi Revista Brasilis.

Fonte: Editorial Revista Digit@l

Brasileiros criam projeto para estimular circulação de livros via internet

Nem só de redes sociais, notícias em tempo real e conversas instantâneas é feita a internet. Mesmo com vocação para o fluxo contínuo de informações, a web também é uma plataforma que colabora para a solidificação de hábitos nem tão recentes assim, entre eles, o da leitura. Foi pensando nisso que dois amigos criaram o projeto Livro Livre, que pretende tirar obras de estantes empoeiradas e levá-las à população sem acesso a esse tipo de ferramenta.

A ideia surgiu na Festa Internacional Literária de Paraty (Flip) de 2008. Ao participarem da feira, o hacker Pedro Markun e a jornalista Isabel Colucci ficaram surpresos com a ausência de livros na cidade. “Havia uma livraria do evento, mas a população local participava pouco da festa. Os moradores não estavam familiarizados com o assunto”, diz Isabel. A dupla, então, foi a um sebo e comprou 500 títulos, que foram doados aos moradores de Paraty. Cada livro continha uma etiqueta com instruções que começavam com o seguinte aviso: “Este livro não é um presente!”.

Na etiqueta elaborada por Pedro e Isabel, havia também um código, referente ao cadastro da obra no site www.livrolivre.art.br. O verso da capa recomendava, ainda, que o usuário entrasse na página e postasse suas opiniões sobre a obra depois da leitura. Além disso, o leitor deveria deixar o título em algum lugar público e avisar aos outros internautas sobre a “libertação”. A ideia dos dois amigos era fazer com que o caminho percorrido pelos livros livres fosse acompanhado por todos.

Pedro Markun conta que, a princípio, o projeto seria temporário e voltado apenas aos 500 títulos doados durante a Flip de 2008. “Mas o trabalho ganhou dimensão. Uma semana depois, eu recebi um e-mail de um senhor do Nordeste elogiando a iniciativa e avisando que ele também queria libertar os seus livros”, lembra Pedro. Atualmente, o site tem 5,4 mil obras cadastradas e espaço para troca de experiências entre internautas.

“O site existe para unificar e dar coesão ao projeto. As pessoas costumam perguntar onde podem achar determinada obra, nos dizem onde encontraram algum material ou onde vão deixá-lo”, enumera Isabel Colucci. “A internet é a espinha dorsal da iniciativa, ela permite que os objetivos cheguem a uma camada ainda maior. Existem muitas pessoas no Brasil que distribuem livros, mas há pouco espaço para a discussão desse trabalho”, completa Pedro.

O hacker planeja um futuro ainda mais ambicioso para o Livro Livre: a integração com plataformas móveis, como celulares e tablets. “Assim o projeto vai realmente deslanchar. Vai permitir que as pessoas encontrem um livro no metrô, por exemplo, e avisem à rede por SMS ou via Twitter”, exemplifica. “Não parece, mas hoje o tempo que a pessoa leva até chegar ao computador já é considerado longo.”

Inspiração
O Livro Livre não é uma ideia genuinamente nacional. Pedro e Isabel se inspiraram no Bookcrossing, rede com cerca de 600 mil usuários já bastante difundida na Europa e nos Estados Unidos. O Bookcrossing funciona tal qual um Orkut ou Facebook: é possível criar um perfil e participar de comunidades e fóruns, inclusive em língua portuguesa. Por que, então, não importar a ferramenta para o Brasil em vez de criar um site semelhante por aqui?

Pedro explica que há duas razões: uma pragmática e outra “filosófica”. “Eu tive uma semana para colocar esse projeto no ar. Na época, o Bookcrossing não oferecia uma tradução satisfatória para o português e, querendo ou não, a barreira do idioma ainda é um problema. Ainda mais para o público que nós queríamos atingir”, esclarece.

Além disso, a essência do projeto estrangeiro é outra. O Bookcrossing surgiu como um clube de leitura. As pessoas entram e se cadastram para participar de atividades lúdicas, basicamente. “Mas no Brasil, onde o índice de analfabetismo funcional é gigante, não dá para fazer um projeto simples assim. A iniciativa precisa ter um caráter de militância e engajamento social para dar certo”, reforça Pedro. O hacker afirma que ainda é difícil convencer os tradicionais leitores brasileiros — geralmente, a elite das classes A e B — a doarem seus livros. Ele próprio sofreu antes de doar seus mais de 2 mil títulos. “Mas isso precisa ser quebrado. Ninguém ganha nada mantendo pilhas de livros com poeira na estante.”

Corpo Humano em 3D

A Google desenvolveu um aplicativo que permite visualizar imagens em 3D do Corpo Humano. Para acessar a ferramenta é preciso ter um navegador com suporte a webGL que é uma tecnologia que permite a visualização de 3D em páginas da internet sem a necessidade de instalação de extensões adicionais. Exemplos destes navegadores são as novas versões do FireFox e do Chrome.
O produto ainda está em fase de testes, mas funciona muito parecido com o Google Earth, permitindo navegar por diversas partes do corpo humano por ângulos diferentes.
Você pode testar o aplicativo acessando este endereço: http://bodybrowser.googlelabs.com/
Ainda não há data para o lançamento oficial, mas vale ficar de olho" ;-)

Metas do Plano Nacional de Educação - 2011 a 2020


Conheça as metas que compõem o Plano Nacional de Educação 2011-2020:

Meta 1: Universalizar, até 2016, o atendimento escolar da população de 4 e 5 anos, e ampliar, até 2020, a oferta de educação infantil de forma a atender a 50% da população de até 3 anos.

Meta 2: Criar mecanismos para o acompanhamento individual de cada estudante do ensino fundamental.

Meta 3: Universalizar, até 2016, o atendimento escolar para toda a população de 15 a 17 anos e elevar, até 2020, a taxa líquida de matrículas no ensino médio para 85%, nesta faixa etária.

Meta 4: Universalizar, para a população de 4 a 17 anos, o atendimento escolar aos estudantes com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação na rede regular de
ensino.

Meta 5: Alfabetizar todas as crianças até, no máximo, os 8 anos de idade.

Meta 6: Oferecer educação em tempo integral em 50% das escolas públicas de educação básica.

Meta 7: Atingir as médias nacionais para o Ideb já previstas no Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE)

Meta 8: Elevar a escolaridade média da população de 18 a 24 anos de modo a alcançar mínimo de 12 anos de estudo para as populações do campo, da região de menor escolaridade no País e dos 25% mais pobres, bem como igualar a escolaridade média entre negros e não negros, com vistas à redução da desigualdade educacional.

Meta 9: Elevar a taxa de alfabetização da população com 15 anos ou mais para 93,5% até 2015 e erradicar, até 2020, o analfabetismo absoluto e reduzir em 50% a taxa de analfabetismo funcional.

Meta 10: Oferecer, no mínimo, 25% das matrículas de educação de jovens e adultos na forma integrada à educação profissional nos anos finais do ensino fundamental e no ensino médio.

Meta 11: Duplicar as matrículas da educação profissional técnica de nível médio, assegurando a qualidade da oferta.

Meta 12: Elevar a taxa bruta de matrícula na educação superior para 50% e a taxa líquida para 33% da população de 18 a 24 anos, assegurando a qualidade da oferta.

Meta 13: Elevar a qualidade da educação superior pela ampliação da atuação de mestres e doutores nas instituições de educação superior para 75%, no mínimo, do corpo docente em efetivo exercício, sendo, do
total, 35% doutores. 7 estratégias.

Meta 14: Elevar gradualmente o número de matrículas na pós-graduação stricto sensu de modo a atingir a titulação anual de 60 mil mestres e 25 mil doutores. 9 estratégias.

Meta 15: Garantir, em regime de colaboração entre a União, os Estados, o Distrito Federal e os municípios, que todos os professores da educação básica possuam formação específica de nível superior, obtida em curso de licenciatura na área de conhecimento em que atuam.

Meta 16: Formar 50% dos professores da educação básica em nível de pós-graduação lato e stricto sensu, garantir a todos formação continuada em sua área de atuação.

Meta 17: Valorizar o magistério público da educação básica a fim de aproximar o rendimento médio do profissional do magistério com mais de onze anos de escolaridade do rendimento médio dos demais profissionais com escolaridade equivalente.

Meta 18: Assegurar, no prazo de dois anos, a existência de planos de carreira para os profissionais do magistério em todos os sistemas de ensino.

Meta 19: Garantir, mediante lei específica aprovada no âmbito dos estados, do Distrito Federal e dos municípios, a nomeação comissionada de diretores de escola vinculada a critérios técnicos de mérito e desempenho e à participação da comunidade escolar.

Meta 20: Ampliar progressivamente o investimento público em educação até atingir, no mínimo, o patamar de 7% do Produto Interno Bruto (PIB) do País.

Fonte: Agência Brasil
Será que agora vai??

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Em Aberto


A Revista Em Aberto - publicado pelo INEP/MEC - lança sua nova edição sob o tema "Educação a distância e formação de professores: problemas, perspectivas e possibilidades". A apresentação fica por conta de Luis Henrique Sommer, que também fala em um artigo sobre a formação inicial do professor a distância.

Esta edição ainda conta com diversos autores versando sob as relações de trabalho, a formação docente, reflexão sobre espaços de convivência, políticas públicas, etc...
Vale a pena conferir esta 2ª edição de 2010 da revista, que pode ser acessado neste link: http://emaberto.inep.gov.br/index.php/emaberto/issue/view/117/showToc

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Governo lança edital para estimular a inclusão digital

Da Agência Brasil
Brasília - Um edital lançado pelo governo visa a estimular a inclusão digital pedagógica e social. Em fase de teste, a iniciativa prevê a distribuição de computadores portáteis em escolas públicas, no âmbito do Programa Um Computador por Aluno (Procura).
O programa é da Presidência da República, em conjunto com os ministérios da Educação e Ciência e Tecnologia, por meio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação).
As propostas aprovadas serão financiadas com recursos do Tesouro Nacional, no valor estimado de R$ 5 milhões, a serem liberados em duas parcelas: R$ 2,5 milhões em 2011 e R$ 2,5 milhões em 2012. Cada projeto aprovado terá o valor máximo de R$ 250 mil e prazo máximo de execução de 24 meses.
Os projetos apresentados devem fomentar inovações e fundamentação científica para a educação. Devem desenvolver processos e produtos relacionados à aprendizagem com o uso de laptop e estudar os impactos sociais e de inclusão digital provocados pelo uso desse equipamento nas escolas.
Os projetos devem ser voltados também para a investigação de práticas pedagógicas e de gestão, com foco na sala de aula, na escola e nos sistemas de ensino, decorrentes do uso do laptop educacional.
O pesquisador interessado deve ter título de doutor, currículo cadastrado na Plataforma Lattes (sistema do CNPq), experiência em projetos educacionais e no uso pedagógico de tecnologias da informação e comunicação e ainda ter vínculo formal com a instituição de execução do projeto.
As propostas devem ser encaminhadas ao CNPq exclusivamente pela internet, por meio do Formulário de Propostas Online, disponível na Plataforma Carlos Chagas, até o dia 7 de fevereiro de 2011.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

HISTÓRIA DO NATAL DIGITAL

HoHoHo!!!!

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Posteriza

Precisando fazer cartazes ou posters?
Esta é uma solução simples, prática, gratuita e com suporte a vários idiomas, inclusive português do Brasil. Fiz o teste e vale a pena conferir!
Com o software Posteriza é possível criar cartazes de vários tamanhos e imprimir sua impressora de casa ou do trabalho. Basta determinar o tamanho, número de páginas por cartaz, e após imprimir fazer a montagem.
Muito simples e fácil de usar. 

Para fazer o download do software acesse este link 


domingo, 5 de dezembro de 2010

UAB oferecerá Mestrado Profissional a Distância

A UAB se prepara para oferecer mestrado strictu sensu com aval e monitoramento da CAPES. O modelo que está sendo construído servirá de referência para os demais cursos de mestrado e doutorado a distância.

OBJETIVOS

* Promover a formação continuada de professores das redes públicas de educação, no nível de pós-graduação stricto sensu na área de Matemática com uso de tecnologias da educação a distância;
* Instituir uma rede nacional para oferta do programa de Mestrado Profissional em Matemática, integrado por Instituições de Ensino Superior participantes do Sistema Universidade Aberta do Brasil e de Instituições Públicas de Ensino Superior que objetivam integração à UAB.

PÚBLICO ALVO DO CURSO:

"O curso será prioritariamente voltado a professores das redes públicas de educação básica que atuem na docência na área de matemática. O objetivo da iniciativa é promover a formação continuada de professores das redes públicas de educação, no nível de pós-graduação stricto sensu na área de matemática com uso de tecnologias da educação a distância."

Para as Universidades interessadas em fazer parte do projeto, o edital completo pode ser acessado em: http://www.capes.gov.br/images/stories/download/editais/PROFMAT_ChamadaDeAdesao.pdf

Fonte: Site UAB

sábado, 4 de dezembro de 2010

Moodle 2.0

Em agosto deste ano, trouxe uma postagem sobre a versão do Moodle 2.0 e agora volto para dar a boa nova! 
Final de ano chegando e nada melhor para finalizar o ano com chave de ouro do que novidades. E esta boa nova, fica por conta da comunidade Moodle que enfim lançou a versão estável do Moodle 2.0.
Esta versão possui muitas novidades e recursos diferentes da versão anterior. Tudo para aumentar a interatividade e complementaridade dos recursos que a web 2.0 oferece.
Dentre as novidades da versão, estão:
- Apoio a repositórios compartilhados; 
- Compatibilidade com plugins do Google Docs, Flickr, Picasa, Mahara...;
- Organização de cursos com pré-requitos, seja de atividades ou de cursos anteriores;
- Atividades condicionais, podendo um curso ser configurado para os participantes terem acesso aos materiais e atividades gradativamente;
- Ferramenta de prevenção de plágio utilizando o Turnitin.
- E muito mais...

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Filme: O presente

O filme "O presente" é uma obra simples, envolvente e cativante que suscita pensar o sentido da vida e os valores atrelados a cada um dos presentes (o Trabalho, a Amizade, a Partilha, o Dinheiro, o Sonho, o Dia, o Amor), recebimos por Jason após a morte de seu avô. A cada presente recebido, o jovem Jason é avaliado se merece ou não, receber o próximo até chegar ao final que seria a herança deixada pelo seu avô.
Um filme especial, que com certeza vai Tocar você!

sábado, 27 de novembro de 2010

Metamorfose de Viver!

Quem nunca se deparou com um momento na vida em que a “escolha” foi inevitável? Quem nunca percebeu que a mudança faz parte de nós seres humanos? 
Sabemos que mudamos ou mudamos por não sabermos o que deve ser feito? Mudamos pela esperança de algo novo ou pela busca da completude?
Nenhum mudança, nenhuma escolha deveria ser taxada de certa ou errada, e sim deveria ser vista como uma possibilidade de fazer e de ser diferente. Toda mudança deveria ser a busca de si, a busca pelo “sentir-se bem”. Mas quantas vezes não nos permitimos esta mudança, por não nos acharmos no direito deste “Bem Sentir”? E aqui o trocadilho não é por acaso, pois... Para Sentir-se Bem é preciso a ato de Bem Sentir as coisas, as pessoas, os tempos, os momentos... e este Bem Sentir, tem a ver com a abertura para o Bem, para coisas boas, para o olhar não desconfiado, o olhar que busca qualidades e não defeitos.
Mas isso não é nada fácil, por isso precisamos de uma “Metamorfose” em algum momento da vida. Metamorfose, que biologicamente falando, é uma mudança na forma e na estrutura do corpo, bem como um crescimento e uma diferenciação dos estados de muitos animais até chegarem ao estado adulto, ou seja, de pleno desenvolvimento. 
Metamorfose é mudança plena, é mudança de atitude, mudança de pensamento, de olhar, de sentir, de bilhar. Sim bilhar, pois todos viemos para este mundo para sermos felicidades e irradiar esse estado de Ser, no brilho do olhar. 
Aqui fica o convite: 
Mude, faça uma metamorfose em sua Vida, pois o único que pode escolher SER FELIZ é você mesmo!!

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Dica de Livro

Para quem é da área da Educação, mesmo não sendo esta sua formação inicial, este é um livro importante que aborda as Teorias Contemporâneas de Educação de uma forma clara e objetiva, em que podemos perceber as possíveis fontes de mudança educativa. Sendo também uma ótima fonte de referência para escolha de uma teoria que mais se aproxime de sua prática.Vale a pena ler e aumentar sua coleção com este livro.


Título: Teorias Contemporâneas de Educação
Autor: Yves Bertrand
Editora: Instituto Piaget
Edição:
Ano: 2001

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

O que é cibercultura? Quais são os seus princípios e características?

Confira o que diz o Profº. André Lemos da Universidade Federal da Bahia, em trecho do debate "Educar na Cultura Digital" promovido pela EducaRede no lançamento do Grupo de Estudos Educar na Cultura Digital.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Lance suas próprias pesquisas TOTALMENTE GRÁTIS!

EnqueteFacil.com é uma ferramenta revolucionária  para criar e publicar pesquisas personalizadas em poucos minutos e ver os resultados de forma gráfica em tempo real.
Você escolhe a forma de lançar as suas pesquisas


  • Envie-a em um e-mail, newsletter, boletim, etc…



  • Exponha-a na sua web, blog, fórum  com um link, iframe, pop-up e/ou botão


  • Pesquise numa feira, evento, local público com um pocketPC, PDA, PC  e/ou quiosque de internet



  • Faça pesquisas por telefone


  • Pesquisas em papel

  • Para saber mais acesse: http://www.enquetefacil.com/

    sábado, 13 de novembro de 2010

    Dia Nacional de Educação a Distância

    No dia 27 de novembro a RICESU realizará evento que marca do Dia Nacional de Educação a Distância.
    Maiores informações em:  http://www.ricesu.com.br

    sexta-feira, 12 de novembro de 2010

    Portal do Software Público Brasileiro

    Lançado em 2007, o Portal do Software Público Brasileiro é um espaço na web dedicado a disponibilização de softwares livres para empresas, escolas, etc. Neste espaço é possível fazer o download de softwares, acessar artigos, disponilizar seu software no portal, dentre outras possibilidades.
    O partal pode ser acessado pelo endereço: http://www.softwarepublico.gov.br/ e à quem desejar, é possível fazer um cadastro para participar de comunidades correspondentes aos softwares que tiver interesse.
    Vale a pena conferir os softwares disponíveis!

    Latinoware apresenta programas que estarão disponíveis gratuitamente

    Três produtos que serão lançados na Conferência Latino-Americana de Software Livre, a Latinoware 2010, estarão disponíveis gratuitamente no portal Software Público, endereço eletrônico onde o governo brasileiro divulga programas de computador gratuitos, prontos para uso e compartilhamento com a sociedade e outros órgãos governamentais.

    "Eles vão se somar aos 40 softwares já existentes e que contam com a participação de cerca de 180 mil usuários", disse Corinto Meffe, gerente de Inovações Tecnológicas do Ministério do Planejamento.

    Uma dos programas foi desenvolvido pela prefeitura de Guarulhos (SP), que aproveitou a experiência do Provão do Ministério da Educação para criar a Provinha Brasil, que pode ser aplicada nas escolas municipais. A Latinoware 2010 está ocorrendo em Foz do Iguaçu (PR).

    Os softwares disponíveis no portal público são compilados pelo governo federal com a participação de municípios, empresas e universidades.
    O site do evento Latinoware é: http://www.latinoware.org/node/4

    Fonte: Site Inovação Tecnológica

    sexta-feira, 5 de novembro de 2010

    Especial Grandes Pensadores

    O especial Grandes Pensadores está de volta com as melhores idéias sobre Educação dos últimos 25 séculos. A revista NOVA ESCOLA compilou os dois especiais em uma edição única para colecionador:
    • A história do pensamento pedagógico do Ocidente pela obra de seus maiores expoentes: Jean Piaget, Paulo Freire, Emilia Ferreiro, Hannah Arendt entre outros.
    • A vida e obra de educadores que fi zeram história, da Grécia antiga aos dias de hoje.
    Veja mais em http://www.ne.org.br/ 

    Fonte: Revista Nova Escola

    quarta-feira, 3 de novembro de 2010

    Portal CâmeraWeb

    Unicamp lança novo portal para publicação de áudio e vídeo, utilizando a tecnologia ClipBucket que promete ser mais rápido e abrangente que a tecnologia utilizada anteriormente. O portal Câmera Web - Servidor de Conteúdo Multimídia - CCUEC - Unicamp conta com o serviço de transmissão ao vivo de eventos, palestras, documentários, etc em formato digital.
    O portal conta com mais de 500 vídeos já disponíveis. Aos visitantes é possível visualizar os vídeos que estão sendo assistidos no momento, os mais acessados, realizar buscas de vídeos por categorias e inserir comentários.
    O novo portal pode ser acessado no endereço http://cameraweb.ccuec.unicamp.br.

    sábado, 30 de outubro de 2010

    Livro ensina como usar a energia do Reiki em benefício da saúde


    "Reiki quer dizer energia vital universal. É um processo natural de cura de origem tibetana baseado na física quântica, visando o equilíbrio energético por meio da imposição das mãos", destaca o autor Ademir Barbosa Júnior.
    Em "Mestres do Reiki" o autor revela como essa técnica complementar pode ser aliada a qualquer terapia ou tratamento em benefício da saúde.
    O livro permeia todo o universo que envolve a técnica, desde o ambiente em que a sessão será realizada até os possíveis efeitos colaterais do uso incorreto da energia.
    Segundo o autor, a técnica quando aplicada, vitaliza o sistema orgânico e nos faz entrar em estado de profundo relaxamento.
    A prática do reiki é também um excelente caminho para o autoconhecimento, uma vez que facilita para o indivíduo ser ao mesmo tempo divino e humano, equilibradamente.
    O tratamento é tradicionalmente efetuado ao com as mãos. O reikiano solicita ao paciente para deitar. Em seguida há a imposição das mãos do reikiano sobre o paciente. O reikiano atua como um canal para a energia reiki, a energia flui da palma de suas mãos (chakra das mãos) para o corpo sutil e físico do paciente. Normalmente, são aplicadas as posições do reiki que utilizam um esquema semelhante à posição dos meridianos e chakras da acupuntura.
    O livro traz todos os ensinamentos e técnicas dos maiores mestres do reiki para que o leitor possa desenvolver todas as potencialidades fornecidas por esta técnica tibetana.
    "Mestres do Reiki"
    Editora:Universo dos Livros
    Páginas: 128
    Quanto: R$ 9,90
    Onde comprar: Pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Livraria da Folha

    Fonte: Folha Online

    sexta-feira, 29 de outubro de 2010

    Materiais sobre Avaliação

    Quem nunca se perguntou sobre qual a melhor forma de se fazer avaliação? Ou ainda, o que avaliar, por que avaliar... E por aí vai.
    Pesquisando sobre o assunto, encontrei um site com alguns materiais. Desde concepções, dicas de como avaliar, como criar avaliações com questões abertas e fechadas.
    Enfim, para quem se interessa pelo assunto, vale a pena dar uma espiadinha.

    domingo, 24 de outubro de 2010

    Debate de Noam Chomsky com Michel Foucault

    Encontrei na internet um debate entre Noam Chomsky e Michel Foucault sobre o modelo de funcionamento da sociedade científica e tecnológica e as questões relacionadas ao poder intrínseco deste modelo.
    Este debate foi realizado em novembro de 1971 e embora tenha quase 30 anos, ainda é extremamente atual. Envolvendo questões relacionadas a sociedade, criatividade, instituições, natureza e suas relações com o poder mantido pelas elites.
    Vale a pena compartilhar destas idéias e refletir sobre o poder e a necessidade de inovações para manter o poderio das sociedades ainda "dominantes", visando a noção do que é ser independente no modelo de sociedade praticada nos tempos, ainda, atuais.

    quinta-feira, 21 de outubro de 2010

    Web 2.0 - A máquina somos nós

    Encontrei em meus "guardados", este vídeo que trás um pouco da idéia da Web2.0. Vale a pena investir uns minutinhos e assistir ao vídeo.

    quarta-feira, 20 de outubro de 2010

    Pensando alto ...

    "Para estar junto, não é preciso estar perto, e sim do lado de dentro. (Leonardo da Vinci)"

    segunda-feira, 18 de outubro de 2010

    Nova Edição da Revista Dirigida


    Esta edição da Revista Dirigida, conta com um destaque especial sobre a programação da Semana da EAD que ocorre em novembro. Outro destaque é a matéria intitulada: "Relacionamento e Conhecimento", uma reportagem sobre a presença das Redes Sociais nos meios educacionais e a postura dos profissionais frente a este novo perfil apresentado pelos estudantes que vivem imersos neste meio, rápido, ágil e, em minha opinião, de grande potencial cognitivo e de ensino e aprendizagem.
    O conteúdo da revista pode ser conferido em: http://www.revistadirigida.com.br/home.aspx - Edição de setembro/2010.

    domingo, 17 de outubro de 2010

    sexta-feira, 15 de outubro de 2010

    Feliz dia do Professor!

    "Agir, eis a inteligência verdadeira. Serei o que quiser. Mas tenho que querer o que for. O êxito está em ter êxito, e não em ter condições de êxito. Condições de palácio tem qualquer terra larga, mas onde estará o palácio se não o fizerem ali?" (Fernando Pessoa)
    No Brasil, país de tantas dificuldades e não valorização dos profissionais de educação, o AGIR faz toda a diferença àqueles que possuem apenas na educação e na escola a esperança de mudar a realidade que o cerca.
    Pensemos nisto! E...
    Feliz Dia do Professor e à todos àqueles que fazem parte deste processo de Educar a partir do coração!

    Dia do Professor - Um pouco da história

    Alguém sabe como surgiu o Dia do Professor?
    O dia 15 de outubro foi escolhido, por sido este o dia em que o Imperador Pedro I baixou um decreto que criou o ensino elementar no Brasil. Tal decreto foi escrito em 1827, pena que não foi cumprida.
    Mas o primeiro Dia 15 de outubro foi comemorado em São Paulo, como um dia festivo para aliviar a carga horária pesada de um segundo semestre de 1 de junho a 15 de dezembro. Neste dia todos traziam doces para uma confraternização, tal idéia se espalhou e em 14 de outubro de 1963 o dia 15 de outubro foi oficializado feriado escolar a nível nacional.

    quinta-feira, 14 de outubro de 2010

    Ensinar a Aprender - Educared Espanhola

    O Projeto Educared da Espanha, que como o do Brasil também é uma iniciativa da Fundação Telefônica, possui um espaço para interação, reflexão e cursos na área de Tecnologia Educacional. Os cursos são oferecidos ma modalidade a distância, utilizando a plataforma Moodle.
    Os cursos podem ser acessados através deste link: http://intercampus.educared.net/course/view.php?id=3549

    quarta-feira, 13 de outubro de 2010

    Sobre ...


    "Ler para conhecer...
    Viver para Reconhecer!" 
    (Pri Kohls)


    O caminho se faz... caminhando...

    sexta-feira, 8 de outubro de 2010

    Manual de ferramentas da Web 2.0 para professores

    Para quem gosta das multiplas possibilidades apresentadas pela Web 2.0 e sua utilização na Educação, não pode deixar de conferir o material deste livro - Manual de ferramentas da Web 2.0 para professores.
    Esta á um publicação do Ministério da Educação de Portugal, que reúne temos como: Blog, YouTube, PodCast, Wiki, Ferramentas do Google, ... todos com exemplos práticas e dicas de como utilizá-los.
    Vale a pena conferir!!

    quarta-feira, 6 de outubro de 2010

    Comunidade Espiritual lança Biblioteca Virtual

    "Zapeando" pela internet em busca de respostas ou caminhos para algumas de minhas várias inquietações espirituais, encontrei este site da Comunidade Espiritual que traz uma biblioteca com diversas obras de cunho espiritual, mas sem nenhuma vinculação com determinada corrente religiosa.

    Lançada em setembro de 2010 o projeto da Biblioteca "visa desenvolver novos caminhos, promover partilhas dentro da Comunidade Espiritual entre os seus membros e trazer a espiritualidade para o nosso dia-a-dia."
    "A Biblioteca CE é espaço que enriquece a nossa Comunidade Espiritual com a divulgação de obras de cariz espiritual e pretende reforçar a partilha entre os residentes, facilitando o acesso, consulta, estudo e divulgação das mais diversas temáticas espirituais."

    Os livros estão divididos nas seguintes categorias/temas: Antroposofia, Auto-Ajuda, Biografias, Ciências, Doutrinas, Esoterismo Clássico, Espiritismo, Filosofia, Gnosticismo, Literatura, Maçonaria, Pesquisas Científicas, Poesia, Reflexões, Religião, RosaCruz, Teosofia.

    terça-feira, 5 de outubro de 2010

    Sem olhar para trás

    ...
    Gilberto de Nucci tem uma excelente imagem a respeito de nosso comportamento. Segundo ele, os homens caminham pela face da Terra em fila indiana, cada um carregando uma sacola na frente e outra atrás. 

    Na sacola  da frente, colocamos nossas qualidades; na sacola de trás, guardamos todos os nossos defeitos. 

    Por isso, durante a jornada pela vida, mantemos os olhos fixos nas virtudes que possuímos, presas em nosso peito. Ao mesmo tempo, reparamos impiedosamente  nas costas do companheiro que está adiante todos os defeitos que ele possui.

    E nos julgamos melhores que ele, sem perceber que a pessoa andando atrás de nós está pensando a mesma coisa a nosso respeito.

    ...

    sexta-feira, 1 de outubro de 2010

    VII Conferência Latino Americana de Software Livre

    De 10 a 12 de novembro de 2010, ocorrerá a VII Conferência latino Americana de Software Livre em Foz do Iguaçu/PR.
    Estaõ abertas as incrições para participantes e envio de propostas de palestras, as propostas devem ser enviadas até o dia 16 de outubro pelo site: lapsi.latinoware.org.
    Maiores Informações acesse: http://www.latinoware.org/

    Lançada edição n. 18 da Revista Espírito Livre

    Um pouco tardia, mas saiu a edição de setembro da Revista Espírito Livre. Esta edição tem como reportagem de capa uma entrevista com o criador do Linux, Linus Torvalds, que aborda questões referentes ao Kernel e opiniões sobre esta consolidada solução à diversos usuários.
    Há também outros colaboradores fanlando sobre o tema, "Ricardo Ogliari faz uma análise do pinguim nos dispositivos móveis, mais especificamente nos celulares, enquanto Rodrigo Carvalho foca o seu uso no Android, o sistema operacional baseado em Linux, que vem se popularizando rapidamente entre as empresas que produzem aparelhos de celular e seus respectivos usuários, que por diversas vezes, se apresentam como fãs da plataforma. Jomar Silva faz uma pergunta interessante sobre os usuários linux: “Quem não usa Linux?”, afinal muitos usam sem saber! Alexandre Oliva avalia pontos polêmicos que envolvem o este famoso kernel e levanta várias questões que merecem ser analisadas."
    Outros destaques: "Marco Passos destaca a dificuldade de coordenar projetos colaborativos enquanto Jamerson Tiossi afirma que o usuário doméstico é a fronteira final quanto a adoção do software livre no desktop. André Déo e Aécio Pires descrevem como gerenciar redes com o Zabbix e prometem continuar com outros artigos a respeito. Alexandre A. Borba levanta questões de reflexão sobre a recente criação da suite LibreOffice."
    Aproveite e pegue já a sua!

    sexta-feira, 24 de setembro de 2010

    Semana da Educação 2010

    Os maiores e mais respeitados especialistas da Educação reunidos para a reflexão e o incentivo à melhoria da Educação no Brasil. As discussões com especialistas, educadores e demais responsáveis pelo processo educacional girarão em torno de temas como a leitura, a escrita, o ensino de matemática e a gestão escolar.

    O evento é uma realização da Fundação Victor Civita com o apoio institucional do Sesc Vila Mariana e tem como patrocinadores Editora Saraiva, Editora Ática e Editora Scipione.
    Programação:
    - PESQUISA O PERFIL DO COORDENADOR PEDAGÓGICO
    - ENSINAR A LER: ENTRE TEORIA E PRÁTICA
    - NARRAR POR ESCRITO DO PONTO DE VISTA DE UM PERSONAGEM
    - REFLEXÕES PARA MELHORAR O ENSINO E A APRENDIZAGEM DA MATEMÁTICA
    - NÚMEROS RACIONAIS: ERROS DOS ALUNOS E ORIENTAÇÕES AOS PROFESSORES    

    Maiores informações: http://revistaescola.abril.com.br/semanadaeducacao/index.shtml

    segunda-feira, 13 de setembro de 2010

    Escolas gaúchas começam a substituir lousas tradicionais por digitais

    O X da Educação  |  31/08/2010
    Interatividade do novo quadro-negro é um dos diferenciais para atrais alunos

    Gustavo Azevedo  |  gustavo.azevedo@zerohora.com.br

    Preto, branco, azul ou verde. Não importa a cor que tenha, o fim dele está próximo. Base do ensino desde o século 19, o tradicional quadro retangular no qual professores escrevem com giz ou caneta poderá se tornar peça de museu.

    A substituição pelas lousas digitais ou interativas – equipamentos que agregam internet, vídeos, animações, jogos e outros aplicativos concentrados numa só placa – começou a se tornar realidade nas escolas gaúchas.

    O colégio Kennedy, na Capital, é um dos pioneiros a apostar na novidade. Instalou no início deste ano as novas ferramentas nas suas 16 salas de aula, fazendo com que os 1,2 mil alunos e os 48 professores passassem a abandonar, gradativamente, o antigo e sempre empoeirado quadro-negro.

    – A extinção do antigo quadro vai ocorrer, mas ele ainda é utilizado. Assim como o caderno e o lápis – afirma a supervisora geral do colégio, Raquel Mallmann.

    A mudança é radical, especialmente para os educadores. Perto das lousas interativas, as aulas com giz parecem pertencer a um passado distante. A partir de um programa disponível na internet, os professores montam as aulas agregando vídeos, imagens, exercícios, mapas e links. Numa aula de ciências, por exemplo, os alunos não dependem mais do talento artístico do professor para conhecer as formas de uma célula humana. O desenho aparece na tela em 3D. As telas têm sistema touch screen, possibilitando o professor e os alunos interagirem, escrevendo, desenhando ou jogando com um simples toque de dedo. Além disso, todo o conteúdo escrito pelo professor pode ser enviado por e-mail.

    – Eles prestam muito mais atenção agora. Não é mais uma agitação porque não aguentam mais a aula, mas uma agitação pelo conhecimento. Uma agitação pedagógica – afirma a professora Letícia Missel de Souza, que ainda passa por treinamento.

    Para os alunos, a gana pelo saber parece ter sido aguçada ao extremo. No Colégio Kennedy, insistem em participar das aulas.

    – É muito mais legal. A gente pode escrever ou jogar na tela – disse o aluno do 1º ano do Ensino Fundamental Gabriel Cardoso de Castro, 7 anos.

    A lousa interativa é utilizada como diferencial para atrair alunos. A escola Sagrado Coração de Jesus, em Ijuí, estampa no seu site a novidade.
    Passado e futuro
    SALA DE AULA
    - O modelo padrão, calcado no quadro negro, alunos em fila e professor à frente, está aos poucos sendo substituído por uma sala de aula criativa, com classes coloridas e dispostas em círculos, paredes revestidas que possam ser riscadas e as lousas digitais, que transformam o ambiente e incentivam a participação do aluno
    PROFESSORES
    - Baseada na ordem e na disciplina, a figura do professor à frente da sala de aula falando sozinho ou escrevendo no quadro tende a ser um cenário do passado. Essa nova geração de alunos precisa se sentir estimulada e envolvida. Os educadores se transformaram em mediadores, repassando conhecimentos e aprendendo com os próprios estudantes
    APRENDIZAGEM
    - Conforme especialistas, escolas e professores devem aprender a lidar com as novidades e tecnologias. A simples proibição pode não ser o melhor caminho. Com uma geração altamente conectada, ansiosa e inquieta, o papel do professor é ajudar a selecionar o que é mais relevante para a formação dos alunos
    Fonte: ZERO HORA

    domingo, 12 de setembro de 2010

    Olha, mamãe, sem as mãos


    Por Moacir Scliar

    A primeira pessoa a quem o garoto, ou a garota, quer mostrar seu sucesso na bicicleta é justamente a mãe

    Esses dias, o ator Francisco Cuoco, da Globo, levou um tombo de bicicleta. Nada grave, ele teve só escoriações, mas seu orgulho provavelmente ficou abalado. Ciclista que se preza não cai da bicicleta nem se acidenta; este é um veículo que, mesmo tendo só duas rodas, a gente consegue controlar, e existe até quem faça nele arrojadas acrobacias.

    Bicicleta era o sonho maior de minha geração; na verdade, um símbolo de independência. Andar pela Redenção em alta velocidade, por exemplo, era um deslumbramento. Maior ainda quando a gente andava sem as mãos.

    Andar de bicicleta sem as mãos. Isso eu nunca consegui, mas sempre tentei. Porque era o máximo na carreira do ciclista, a consagração. Exigia uma técnica especial: tratava-se de controlar o rumo do veículo, usando para isso, e de maneira muito hábil, os movimentos do corpo. Não é fácil, e envolve riscos, como o ilustra a historinha que encontrei num blog português: “Um miúdo que acaba de receber uma bicicleta de presente, não para de fazer habilidades à frente da mãe: – Mamã! Mamã, olha, sem as mãos!... – Mamã! Mamã, olha, agora, sem os pés e sem as mãos!... Passado um bocado: – Mamã, olha, sem os dentes!”

    Desfecho meio sádico, mas notem outro detalhe, expresso na frase: “Mamã, olha, sem as mãos”. Frase extremamente comum, aliás: se vocês entrarem no Google encontrarão mais de 800 mil referências a respeito. Porque realmente é uma situação típica: a primeira pessoa a quem o garoto, ou a garota, quer mostrar o seu sucesso na bicicleta é justamente a mãe. E isso equivale àquilo que os antropólogos denominam de “rito de passagem”.

    Andar de bicicleta sem as mãos significa deixar a infância para trás, mostrar que, ao menos no selim, temos controle de nossa vida; sabemos para onde vamos e podemos chegar ao nosso objetivo com a maior desenvoltura.

    Uma cena que depois vai se repetir de várias maneiras. Na formatura da Faculdade: “Olha, mamãe, sem as mãos”. No dia de mudar para o apartamento no qual vai se viver sozinho: “Olha, mamãe, sem as mãos”. No casamento: “Olha, mamãe, sem as mãos”. No nascimento do primeiro filho: “Olha, mamãe, sem as mãos”.

    Lá pelas tantas a frase some de nossas vidas. Em primeiro lugar porque a bicicleta já não é o nosso meio de transporte, e sim o automóvel, e este não dá para dirigir sem as mãos. Num antigo filme o frustrado e amargurado Kirk Douglas está dirigindo seu carro num túnel quando de repente ocorre-lhe exatamente isso, dirigir sem as mãos.

    Larga o volante e está ali, deliciado, com a façanha, quando o motorista de um caminhão que trafega ao lado percebe o que está acontecendo e faz-lhe sinais desesperados para que não corra esse risco. Num impulso raivoso Kirk Douglas pega a direção, e vira-a violentamente, jogando seu carro contra o caminhão. Uma história que, portanto, termina mal.

    Há outras melancólicas possibilidades. Muitas vezes a nossa mãe já não está entre nós. Já não a temos como referencial, como fonte de aplausos. Uma carência talvez sentida pelo personagem vivido por Kirk Douglas e capaz de explicar o seu tresloucado gesto.

    A vida, contudo, às vezes é melhor que certos sombrios filmes. Sempre podemos, em imaginação, voltar a usar as nossas bicicletas. Sempre podemos retornar aos trajetos de nossa infância. Pedalando sem as mãos.
     
    Fonte: Zero Hora - 12/09/2010

    terça-feira, 31 de agosto de 2010

    A hora de parar - Rabino Nilton Bonder

    Recebi por email esta mensagem de uma boa amiga e resolvi replicá-la aqui. É precisa encontrar a "hora de parar" e que seja LOGO...

    "Toda sexta-feira à noite começa o shabat para a tradição judaica. Shabat é o conceito que propõe descanso ao final do ciclo semanal de produção, inspirado no descanso divino, no sétimo dia da Criação.Mostrar tudo
    Muito além de uma proposta trabalhista, entendemos a pausa como fundamental para a saúde de tudo o que é vivo. A noite é pausa, o inverno é pausa, mesmo a morte é pausa. Onde não há pausa, a vida lentamente se extingue. Para um mundo no qual funcionar 24 horas por dia parece não ser suficiente, onde o meio ambiente e a terra imploram por uma folga, onde nós mesmos não suportamos mais a falta de tempo, descansar se torna uma necessidade do planeta.
    Hoje, o tempo de 'pausa' é preenchido por diversão e alienação. Lazer não é feito de descanso, mas de ocupações 'para não nos ocuparmos'. A própria palavra entretenimento indica o desejo de não parar. E a incapacidade de parar é uma forma de depressão. O mundo está deprimido e a indústria do entretenimento cresce nessas condições. Nossas cidades se parecem cada vez mais com a Disneylândia. Longas filas para aproveitar experiências pouco interativas. Fim de dia com gosto de vazio. Um divertido que não é nem bom nem ruim. Dia pronto para ser esquecido, não fossem as fotos e a memória de uma expectativa frustrada que ninguém revela para não dar o gostinho ao próximo.
    Entramos no milênio num mundo que é um grande shopping. A Internet e a televisão não dormem. Não há mais insônia solitária; solitário é quem dorme. As bolsas do Ocidente e do Oriente se revezam fazendo do ganhar e perder, das informações e dos rumores, atividade incessante. A CNN inventou um tempo linear que só pode parar no fim.
    Mas as paradas estão por toda a caminhada e por todo o processo. Sem acostamento, a vida parece fluir mais rápida e eficiente, mas ao custo fóbico de uma paisagem que passa. O futuro é tão rápido que se confunde com o presente. As montanhas estão com olheiras, os rios precisam de um bom banho, as cidades de uma cochilada, o mar de umas férias, o domingo de um feriado... Nossos namorados querem 'ficar', trocando o 'ser' pelo 'estar'. Saímos da escravidão do século XIX para o leasing do século XXI - um dia seremos nossos? Quem tem tempo não é sério, quem não tem tempo é importante. Nunca fizemos tanto e realizamos tão pouco. Nunca tantos fizeram tanto por tão poucos...
    Parar não é interromper. Muitas vezes continuar é que é uma interrupção. O dia de não trabalhar não é o dia de se distrair -literalmente, ficar desatento. É um dia de atenção, de ser atencioso consigo e com sua vida. A pergunta que as pessoas se fazem no descanso é 'o que vamos fazer hoje?' - já marcada pela ansiedade. E sonhamos com uma longevidade de 120 anos, quando não sabemos o que fazer numa tarde de Domingo. Quem ganha tempo, por definição, perde. Quem mata tempo, fere-se mortalmente. É este o grande 'radical livre' que envelhece nossa alegria - o sonho de fazer do tempo uma mercadoria.
    Em tempos de novo milênio, vamos resgatar coisas que são milenares. A pausa é que traz a surpresa e não o que vem depois. A pausa é que dá sentido à caminhada. A prática espiritual deste milênio será viver as pausas. Não haverá maior sábio do que aquele que souber quando algo terminou e quando algo vai começar.
    Afinal, por que o Criador descansou? Talvez porque, mais difícil do que iniciar um processo do nada, seja dá-lo como concluído."
    Rabino Nilton Bonder

    quarta-feira, 25 de agosto de 2010

    O desenvolvimento de Objetos de Aprendizagem para Educação a Distância ancorados pelas Dimensões da Educação

    Artigo de minha autoria, juntamente com Profª. Leticia Leite, publicado na Revista Educação Por Escrito - PUCRS.
    RESUMO - Este trabalho articula as bases teóricas acerca da Educação a Distância, dos Objetos de Aprendizagem e das Dimensões da Educação com o intuito de integrar essas teorias na proposta de desenvolvimento de um Objeto de Aprendizagem fundamentado nas Dimensões da Educação para ser utilizado na Educação a Distância.

    Para visualizar a Revista na íntegra, acesse: http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/porescrito/index

    segunda-feira, 23 de agosto de 2010

    Busca dinâmica com o Google

    A Google está testando uma nova forma de apresentar os resultados de buscas, apresentando os resultados de forma não estática e com atualizações em tempo real. Esta é uma descoberta do SEO Rob Ousbey, que elaborou um vídeo apresentando como seria esse resultado.

    Link do vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=Ty71OxyQKKc
    Como ainda está na fase de testes, apenas usuários seletos estão utilizando este serviço. A Google não informou quando será disponibilizada a funcionalidade à todos os usuários da rede.

    Maiores informações: http://googlesystem.blogspot.com/

    sexta-feira, 20 de agosto de 2010

    Grupo de Estudos Educar na Cultura Digital

    Debate a ser realizado na Bienal do Livro em SãoPaulo, marca o lançamento de um Grupo de Estudos sobre como Educar na Cultura Digital.
    "O objetivo é oferecer aos educadores e demais interessados uma oportunidade de reflexão e discussão sobre os desafios que a sociedade digital traz para o cotidiano de ensino e aprendizagem na escola. Educar na Cultura Digital vai além de compreender as tecnologias digitais como ferramentas de ensino. Trata-se, substancialmente, de formar o cidadão para a apropriação de novos códigos e linguagens da era digital para seu próprio desenvolvimento intelectual, cultural e exercício responsável e ético de novas práticas sociais."
    O Programa EducaRede disponibilizou um espaço online para viabilizar o Grupo. Tal espaço pode ser acessado no endereço www.educarnaculturadigital.org.br, sendo que as atividades iniciam no mês de agosto, com previsão de término para dezembro de 2010.
    Maiores informações: http://www.educarede.org.br/

    quinta-feira, 12 de agosto de 2010

    Moodle 2.0

    Está cada vez mais perto a data de lançamento da versão final do Moodle 2.0, segundo informações disponibilizadas na comunidade Moodle.org o lançamento está previsto para o mês de setembro.

    Das novidades desta versão destaco:

    • O Moodle agora permite a integração com repositórios externos de conteúdos, tornando muito simples a tarefa de trazer documentos e mídias para dentro do Moodle via uma interface AJAX, que se parece com qualquer outra interface padrão para diálogos em aplicações de computadores pessoais.
    • Em um primeiro momento, os plugins para o 2.0 incluem: Alfresco, Amazon S3, Box.net, Sistema de arquivos em servidores, Flickr, Google Docs, Mahara, MERLOT, Picasa, Arquivos recentes, Sites Moodle remotos, servidores WebDAV , Wikimedia, Youtube. O desenvolvimento desses plugins é simples, portanto, espera-se que ao longo do tempo surjam muitos outros..
    • Os módulos podem agora exportar seus dados para sistemas externos, o que é particularmente útil para portfólios onde cópias de telas de fóruns, trabalhos e outras coisas feitas no Moodle podem ser úteis para se registrar em outros locais como revistas acadêmicas ou um outro portfólio de maior destaque. 
    • Atividades podem ser vinculadas para permitir a publicação progressiva do conteúdo do curso.
    • Bloco de Comentário - como um recado, permite que os comentários sejam adicionados a qualquer página. Ideal para fazer comentários em produções do aluno.
    • Bloco Meus Arquivos Pessoais - permite acesso fácil a um repositório de arquivos pessoais (com sistema de quotas) 
    • Páginas de Perfil de Usuário com validade em todo o site, podem ser customizadas pelos usuários com Blocos, Notícias, Feeds entre outros.
    • Páginas de perfis de usuários específicos por curso mostram blocos do curso e informações básicas do perfil, mais informações para os professores daquele curso.
     Com tais mudanças o LMS Moodle se torna mais aberto e dinâmico em sua apresentação e utilização, instigando a personalização de curso de acordo com o usário e por opção dele.
    Agora é esperar para testar e verificar tais mudanças na prática docente. Assim que fizer isso, volto para contar as novidades. ;-)

    segunda-feira, 9 de agosto de 2010

    sexta-feira, 6 de agosto de 2010

    Nova versão do TelEduc

    Versão 4 do TelEduc é foi lançada e já pode ser feito o download. A nova versão do ambiente está disponível no site:
    O TelEduc é um ambiente para a criação, participação e administração de cursos na Web. Ele foi concebido tendo como alvo o processo de formação de professores para informática educativa, baseado na metodologia de formação contextualizada desenvolvida por pesquisadores do Nied (Núcleo de Informática Aplicada à Educação) da Unicamp. O TelEduc foi desenvolvido de forma participativa, ou seja, todas as suas ferramentas foram idealizadas, projetadas e depuradas segundo necessidades relatadas por seus usuários. Com isso, ele apresenta características que o diferenciam dos demais ambientes para educação a distância disponíveis no mercado, como a facilidade de uso por pessoas não especialistas em computação, a flexibilidade quanto a como usá-lo, e um conjunto enxuto de funcionalidades.
    O TelEduc é distribúdo sob a licença GNU, portanto ele é um software livre que pode ser redistribuí-do e/ou modificado sob os termos da GNU General Public License versão 2.
    Para saber mais acesse: http://www.teleduc.org.br/