quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Feliz Natal!!!




quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Grump e o acordo ortográfico




quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Chamada de Trabalhos 16º CIAED

[img] Banner do evento

16° CIAED Congresso Internacional ABED de Educação a Distância
"Conteúdo, Apoio ao Aprendiz e Certificação - Os Ingredientes
Centrais para Eficácia na EAD"

31 de agosto a 03 de setembro de 2010 -
Foz do Iguaçu - Paraná

Os trabalhos submetidos para apresentação no Congresso podem pertencer a duas classes:
Trabalho Científico (TC) e Relato de Experiência inovadora (RE).

Os Trabalhos Científicos (TCs) submetidos para serem apresentados em Sessões Paralelas no 16º CIAED passam por um rigoroso processo de julgamento, do tipo blind review by peers (julgamento cego por pares), no qual a identidade e a afiliação institucional do autor são elementos não fornecidos àqueles que o avaliam. A avaliação será realizada por uma Comissão Técnica composta pelos membros do Conselho Científico da ABED e de outros doutores com reconhecida atuação na área. Cada Trabalho será avaliado por ao menos três revisores, membros da Comissão Técnica do Congresso.

- Período para encaminhamento dos trabalhos: 27 de novembro de 2009 a 02 de maio de 2010;
- Período de avaliação dos trabalhos: 02 de maio a 31 de maio de 2010;
- Divulgação dos resultados no site e comunicação: 1° de junho de 2010;
- Notificações de aceitação serão enviadas pelo sistema automaticamente;
- Apresentação no 16° CIAED: 1° a 3 de setembro de 2010;

O envio dos trabalho deverá ser feito através deste link: http://www.abed.org.br/congresso2010/enviartrabalhos.htm

Maiores informações: http://www.abed.org.br/congresso2010

domingo, 29 de novembro de 2009

Um pouco de poesia... Ou seria nostalgia?!

Já perdoei erros quase imperdoáveis... Tentei substituir pessoas insubstituíveis e esquecer pessoas inesquecíveis... Já fiz coisas por impulso, já me decepcionei com pessoas, quando nunca pensei em me decepcionar, mas também decepcionei. Já amei e fui amado, também já fui rejeitado. Já fui amado e não soube amar. Já chorei ouvindo música, já liguei só pra escutar uma voz. Já pensei que fosse morrer de saudade e... Tive medo de perder alguém especial. E ainda vivo! Não passo pela vida... Bom mesmo é ir a luta com determinação abraçar a vida e viver com paixão, perder com classe e vencer com ousadia, por que o mundo pertence a quem se atreve.
(Augusto Branco)
PS - Erroneamente atribuida autoria à Charlie Chaplin

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Campanha: Internet para Prêmio Nobel da Paz 2010

Campanha mundial pretende candidatar a internet ao Prêmio Nobel da Paz de 2010.
No dia 20 de novembro deste ano iniciaram as assinaturas para um abaixo assinado que defende a indicação da rede mundial de computadores ao Prêmio Nobel da Paz de 2010. O abaixo-assinado estará disponível no site http://www.internetforpeace.org/. Quanto mais pessoas assinarem, maiores serão as possibilidades de a internet ser reconhecida como uma fonte propulsora de redes de comunicação e por consequencia uma ótima fonte de promoção da PAZ.
Abaixo leia na íntegra o manifesto assinado pelos embaixadores desse ambicioso projeto.
Manifesto
“Finalmente compreendemos que a Internet não é uma rede de computadores, mas um infinito entrelace de pessoas. Homens e mulheres, de todas as latitudes, conectados entre si por meio da maior plataforma de relações que a humanidade já conheceu.A cultura digital criou os fundamentos para uma nova civilização. E essa civilização está construindo a dialética, o confronto e a solidariedade por meio da comunicação.
Porque, desde sempre, a democracia germina onde há hospitalidade, escuta, troca e compartilhamento. E, desde sempre, o encontro com o “outro” é o antídoto mais eficaz contra o ódio e o conflito. É por isso que a Internet é um instrumento de paz. É por isso que cada um de nós, dentro da rede, pode ser uma semente de não-violência. É por isso que a Rede merece o próximo Prêmio Nobel para a paz. Que será um Nobel dado também a cada um de nós”
Giorgio Armani, Shirin Ebadi, Umberto Veronesi e Wired team
Então, quer fazer parte desta história?
Acesse o link http://www.internetforpeace.org/ e deixe sua "marca" na campanha.
Fonte: Revista Galileu

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

::Inclusão Digital:: Início de conversa

Antes de falarmos em Inclusão Digital, é importante retomarmos a importância do uso das TIC e seu potencial produtivo e cognitivo. Pois incluir digitalmente é educar para o uso adequado e eficaz da tecnologia.
Assim como uso da informática na educação contribui para o desenvolvimento da capacidade cognitiva e contribui para o rompimento da relação vertical entre alunos e professores na sala de aula tradicional, proporcionando um aprendizado mais significativo promovendo a cooperação e colaboração. E por saber disto é que precisamos buscar, cada vez mais, o elo de ligação entre teoria e prática. Buscar novas formas de ensinar e de aprender. A ID é uma possibilidade de estudar novas formas de ensinar e aprender, poder vislumbrar novas possibilidades com a utilização dos recursos tecnológicos, em que o usuário passa de espectador à autor e a educação deixa de ser um produto e passa a ser um processo de troca, de ações conjuntas que criam e desenvolvem o conhecimento e não apenas o reproduz, ou seja, o uso consciente das TIC como forma de reapropriação da identidade e da própria aprendizagem do indivíduo.
A inclusão digital possibilita materialização de oportunidades que somente estão visíveis aos que se sentem incluídos digitalmente, ou seja, ela depende do acesso às tecnologias de informação e comunicação bem como do conhecimento de uso destas tecnologias. Ela está fundamentada em três pilares: Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), inclusão sócio-econômia, educação. A inclusão digital é uma ação governamental, pois depende da definição de políticas visando: estabelecer padrões para TIC; garantir a interoperabilidade e o acesso das pessoas a informações e serviços; disponibilizar acesso a terminais de computadores e correio eletrônico a toda população; oferecer tarifas reduzidas para uso das telecomunicações, estimular doações de equipamentos e infra-estrutura através da criação de mecanismos de isenção fiscal; ampliação das redes públicas que possibilitem a oferta de meios de produção e difusão do conhecimento.

“Apropriar-se das tecnologias significa desenvolver e aperfeiçoar habilidades que vão de tarefas básicas, como escrever um e-mail ou reconhecer um spam, a atividades complexas, como pesquisar de maneira eficaz, acessar serviços ou produzir um vídeo digital e transmiti-lo via web. Isso quer dizer que muitos aspectos inclusão digital não estão nas máquinas nem na relação com as máquinas, e sim no processo global de inclusão social.” (ASSUMPÇÃO; MORIS, 2006)


Seguimos conversando...

domingo, 15 de novembro de 2009

Um pensamento: Afinidade!

A afinidade não é o mais brilhante, mas o mais sutil, delicado e penetrante dos sentimentos. É o mais independente também.
Não importa o tempo, a ausência, os adiamentos, as distâncias, as impossibilidades. Quando há afinidade, qualquer reencontro retoma a relação, o diálogo, a conversa, o afeto no exato ponto em que foi interrompido.
Afinidade é não haver tempo mediando a vida. É uma vitória do adivinhado sobre o real. Do subjetivo para o objetivo. Do permanente sobre o passageiro. Do básico sobre o superficial.
Ter afinidade é muito raro. Mas quando existe não precisa de códigos verbais para se manifestar. Existia antes do conhecimento, irradia durante e permanece depois que as pessoas deixaram de estar juntas. O que você tem dificuldade de expressar a um não afim, sai simples e claro diante de alguém com quem você tem afinidade.
Afinidade é ficar longe pensando parecido a respeito dos mesmos fatos que impressionam, comovem ou mobilizam. É ficar conversando sem trocar palavras. É receber o que vem do outro com aceitação anterior ao entendimento.
Afinidade é sentir com. Nem sentir contra, nem sentir para, nem sentir por, nem sentir pelo. Quanta gente ama loucamente, mas sente contra o ser amado. Quantos amam e sentem para o ser amado, não para eles próprios.
Sentir com é não ter necessidade de explicar o que está sentindo. É olhar e perceber. É mais calar do que falar, ou, quando é falar, jamais explicar: apenas afirmar.
Afinidade é jamais sentir por. Quem sente por, confunde afinidade com masoquismo. Mas quem sente com, avalia sem se contaminar. Compreende sem ocupar o lugar do outro. Aceita para poder questionar. Quem não tem afinidade, questiona por não aceitar.
Afinidade é ter perdas semelhantes e iguais esperanças. É conversar no silêncio, tanto nas possibilidades exercidas quanto das impossibilidades vividas.
Afinidade é retomar a relação no ponto em que parou sem lamentar o tempo de separação. Porque tempo e separação nunca existiram. Foram apenas oportunidades dadas (tiradas) pela vida, para que a maturação comum pudesse se dar. E para que cada pessoa pudesse e possa ser, cada vez mais a expressão do outro sob a forma ampliada do eu individual aprimorado.
Artur da Távola

Lançada edição n.8 da Revista Espírito Livre!

A cada mês, uma vitória. Este não poderia ser diferente. Mesmo quando muitos acham que estamos cansados a ponto de desistir eis que despontamos em mais uma edição de qualidade, como os leitores por si só comentam. Esta edição da Revista Espírito Livre traz como tema de capa Comunidades e Movimentos Livres, apresentando aos leitores um pouco mais sobre este tema tão vasto. Tivemos contato com diversas comunidades que se prontificaram a apresentar suas histórias, seus cases, sua visão em matérias que demonstram o real valor e pontencial destas que iniciativas que arrastam exércitos e movem montanhas. Nossos agradecimentos a estes redatores convidados.
Como as comunidades de software livre se manifestam? Como se apresentam diantes da rede? Será que ao constituir uma comunidade tudo será mil maravilhas? Tentamos, através de várias matérias, apresentar as respostas consisas e focadas sobre estas e muitas outras indagações que permeiam as comunidades de software livre/código aberto.
Tivemos a honra de trazer como entrevistado principal Jon “maddog” Hall, considerados por muitos um exemplo de vida, superação e engajamento no movimento do software livre. Maddog “peregrina” em diversos eventos por todo o Brasil e sempre está alí disposto para mais aquela foto e para um bom papo sobre novas tecnologias. Ele muito prontamente respondeu aos questionamentos passados pela equipe da revista, respondendo com bom humor sem igual! Danilo Rodrigues, do Projeto Robótica Livre também conversou com nossa equipe e explicou um pouco mais sobre este interessante projeto.
Tivemos ainda novas participações em nossa equipe. Fernando Leme estava para fazer parte do corpo editorial e nesta edição ele aparece com falando sobre as armadilhas do mercado. João Marcello também foi uma grata surpresa… Ele começa sua participação na revista apresentando um case bem interessante sobre o “teco” de informática. Clayton Lobato é outro que estava para entrar em nossa equipe já a algum tempo, mas diversos fatores sempre atrapalhavam. Pois bem Clayton participa dessa edição com um assunto polêmico sobre as comunidades.




Revista Espírito Livre - Ed. n #008 - Novembro 2009

terça-feira, 10 de novembro de 2009

ProJovem Trabalhador - Juventude Cidadã


PROJOVEM TRABALHADOR - Programa Nacional de Inclusão de Jovens – que foi idealizado pelo Governo Federal, com o objetivo de ampliar o atendimento aos jovens excluídos da formação profissional.
Preparar o jovem para o mundo do trabalho e para ocupações alternativas geradoras de renda são os principais objetivos do ProJovem Trabalhador. O ProJovem Trabalhador unificou os programas Consórcio Social da Juventude, Juventude Cidadã e Escola de Fábrica. A faixa etária foi ampliada para jovens entre 18 e 29 anos. Anteriormente, os programas atendiam aos jovens de 16 a 24 anos. Os participantes receberão um auxílio mensal de R$ 100,00, durante seis meses, mediante comprovação de freqüência. Os cursos de qualificação serão de 350 horas/aula.
O programa será desenvolvido em parceria com os estados, sociedade civil e iniciativa privada e visa estimular e fomentar a geração de oportunidades de trabalho, negócios, inserção social e visão empreendedora.
O ProJovem Trabalhador beneficia jovens entre 18 e 29 anos, sendo que no município de Cachoeirinha visa a qualificação nas seguintes áreas: Metalmecânica, Gráfica, Administração,Vestuário, Alimentação, Arte e Cultura, Turismo e Hospitalidade e Construção e Reparos. Além da qualificação profissional, outro objetivo do programa é a inserção destes jovens no mundo do trabalho egressos deste programa.
O curso teve início em julho/2009 e tem previsão término em janeiro/2010.










domingo, 8 de novembro de 2009

Momento de descontração::Pensamentos Calvinianos::



“Descobri minha missão na terra: fazer com que as pessoas façam a minha vontade. Assim que todos enxergarem isso viveremos em paz.”

"Eu sou um líder natural! Sou do tipo que comanda! O problema é que ninguém quer ir pra onde eu quero levar..."

"A vida é como topografia, Harold. Há picos de felicidades e sucessos... pequenos campos da chata rotina... e vales de frustrações e fracassos..."

- Calvin: "Não se pode abrir a criatividade como uma torneira, você tem que estar no pique certo."
- Harold: "E que pique é esse?"
- Calvin: "Pânico do último minuto"

(Qualquer semelhança não terá sido mera coincidência)

sábado, 7 de novembro de 2009

Informações não-verbais estão chegando à comunicação digital

Comunicação não-verbal
Pesquisadores europeus desenvolveram um conjunto de ferramentas de software para adicionar informações não-verbais a emails, ligações telefônicas, bate-papos e outros canais de comunicação eletrônica. Se o trabalho por si só é fascinante, suas aplicações reais podem ser ainda mais entusiasmadoras.
A comunicação digital não tem a riqueza de uma conversação face-a-face porque ela não conta com as dicas não-verbais e com a informação contextual que são tão importantes na comunicação humana direta.
Mas isto não será um problema por muito mais tempo. O projeto Pasion desenvolveu um conjunto de ferramentas que permite nada menos do que transmitir por meios eletrônicos essas informações não-verbais.
Redes sociais ampliadas
Além das promessas tradicionais, como "novas formas de jogos online" e "novas tecnologias de redes sociais," os pesquisadores afirmam que será possível aprimorar formas profissionais de comunicação e inaugurar outras como, por exemplo, a telepsiquiatria.
Uma das aplicações que mais chamam a atenção é a chamada "rede social ampliada" - uma referência à tecnologia de realidade ampliada. Os aplicativos fornecem novas ferramentas para que o usuário de uma rede social diga a seus amigos o que está fazendo e como está se sentindo, além de oferecer novas formas de se comunicar.
Ferramentas profissionais
Mas o objetivo do projeto Pasion não é meramente a diversão. "Muitos problemas no trabalho colaborativo derivam não da necessidade de comunicar e compartilhar informações de forma explícita, mas de problemas de alto nível na coordenação do processo de comunicação," explica Richard Walker, coordenador do projeto.
Segundo Walker, as pesquisas do grupo indicaram que os mal-entendidos e a falta de entendimento das intenções de cada participante representam sérios problemas para os grupos.
Os pesquisadores desenvolveram um protótipo que roda em um telefone celular e oferece informações que os usuários podem usar para coordenar seu trabalho. O programa mostra informações como a disponibilidade do usuário e indicadores e visualizações que ilustram a posição social de um usuário no grupo.
O programa também fornece informações sobre o humor do usuário. Atualmente isso funciona com base num autorrelato - o usuário deve informar seu humor ao sistema - mas a próxima versão pretende fazer isso de forma automática com base nas expressões e na forma de interação do usuário. A versão atual já é capaz de dizer automaticamente o que o usuário está fazendo num determinado momento.
As ferramentas já foram testadas em várias ferramentas de comunicação, como nos programas de email Outlook e Thunderbird, além do iGoole e do Skype.
Telepsiquiatria e tele-educação
A telepsiquiatria, segundo os pesquisadores, pertence à classe das chamadas aplicações verticais. Usando um software específico para analisar as expressões faciais do usuário, juntamente com um link de voz, o médico poderá atender seus pacientes à distância mesmo em situações críticas, sem perder os elementos essenciais nesse tipo de consulta e de interação.
As informações não-verbais também poderão ser de grande utilidade para moderadores de grupos online e para professores atuando em tele-educação.
O que esperar
O alcance e a multiplicidade de aplicações listadas pelos pesquisadores são impressionantes. Mas, quando poderemos usá-las na prática?
"Há, é claro, partes que exigirão ainda algum trabalho, mas nós já desenvolvemos elementos para todos os sistemas que vislumbramos, e diferentes parceiros do projeto já os estão aprimorando em produtos reais," afirma Walker.
Por exemplo, sensores capazes de indicar estados fisiológicos, como o ritmo cardíaco, são simples e baratos e bem aceitos pelos usuários. Isto permitirá que eles sejam usados rapidamente em jogos online e em redes sociais. Essas ferramentas deverão ser incorporadas em produtos a curto prazo.
Outras aplicações demandarão mais tempo ou serão reservadas para aplicativos especializados. O sistema de reconhecimento facial, por exemplo, é atualmente muito caro para o usuário final, mas plenamente factível para uma instituição lidando com atendimentos médicos ou com tele-educação.

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Conhecimento coditiano e conhecimento escolar

Educar para a convivência pacífica e resolução de problemas a partir do diálogo e respeito. Esta parece ser uma das principais metas da educação e talvez uma das mais complexas, principalmente para um país tão heterogêneo quanto o Brasil.
Ao contrário de países como a Espanha, a unificação da educação no Brasil é um paradoxo, por exemplo, como se utilizar de livros/apostilas ilustradas com objetos, animais que possuem diferentes nomenclaturas nas regiões brasileiras?
A qualidade da educação, portanto, não está na unificação de métodos e conteúdos, outro sim, na utilização dos "conhecimentos do cotidiano", que tem significado para os alunos e assim uma eficácia no desenvolvimento dos conhecimento ditos "escolares". Assim, quem sabe, a escola poderá se tornar um local de aprender para a Vida e com a Vida, fazendo valer os pilares da educação de Jaques Delors, quais sejam, aprender a ser, aprender a conviver, aprender a fazer e aprender a conhecer.
Juan Delval em seu livro Aprender na vida, aprender na escola, aponta que "Os conhecimentos ditos escolares devem ser aprendidos a partir de conhecimentos prévios e realidade do educando, pois o mesmo elabora suas próprias explicações a partir de suas vivências e isso deve ser levado em conta se quisermos que o ensino escolar seja eficaz".
O conhecimento cotidiano tem início em problemas/situações que tem significado para o sujeito. O conhecimento científico é uma forma de conhecer a realidade, assim para ua aprendizagem efetiva e eficaz se faz necessário contextualizá-lo.
Para isso precisamos encontrar formas de:
- Educar para a busca de problemas reais
- Educar para investigação
- Educar para autoria, expressão e interlocução.
"A principal meta da educação é criar homens que sejam capazes de fazer coisas novas, não simplesmente repetir o que outras gerações já fizeram. Homens que sejam criadores, inventores, descobridores. A segunda meta da educação é formar mentes que estejam em condições de criticar, verificar, e não aceitar tudo que à elas se propõe." (Jean Piaget)

domingo, 4 de outubro de 2009

Céu, Sol, Sul...

Foto Pri Kohls

"A simplicidade é o último grau de sofisticação." (Leonardo Da Vinci)

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Lançada edição n. 6 da Revista Espírito Livre

Não muito diferente de julho, o mês de agosto também não foi nada fácil. Muito trabalho, e grande parte dele acumulado, para que você consiga ler a edição do mês de setembro a tempo e sem menores problemas. Esta edição traz como matéria de capa Edição de Vídeo, mostrando aos leitores através de vários ângulos que é possível desempenhar um bom trabalho utilizando software livre para produzir, editar e criar material em vídeo.
Para reforçar o tema são apresentadas nesta edição duas entrevistas. Giuseppe Torelli e Tadej Borovšak, desenvolvedores do Imagination, falam do software de geração de vídeo a partir de imagens. Já Richard Spindler, criador do Open Movie Editor, fala sobre o software e como trabalhar com vídeo. Vj pixel também participou da redação de uma matéria interessante sobre Open Video e Sinara Duarte apresenta ainda diretrizes para se trabalhar com vídeos em sala de aula. Flávia Jobstraibizer continua a falar sobre o PHPBoleto e Walter Capanema também desdobra outros aspectos jurídicos sobre Spam. Alexandre Oliva relata uma feliz experiência com um netbook Yeeloong, com sua tela de 9′ e um eficiente processador. Outros tantos colaboraram na edição, enviando dicas, sugestões, dúvidas, comentários e participando das promoções. A estes, o nosso muito obrigado.
Tivemos uma dose tripla de matérias sobre o Blender Day que aconteceu em diversas cidades do Brasil. Recebemos três relatos que estão publicados na seção Eventos. Além disso trazemos um relato sobre o Consegi 2009, que aconteceu em Brasília, prontamente apresentado por Juliana Kryszczun. Lázaro Reinã continua sua jornada rumo a LUA e Cézar Taurion apresenta uma questão que por muitos é considerada polêmica: a receita advinda de projetos open source.
A cada edição apresentamos também nossa seção de emails que traz relatos dos leitores com opiniões, sugestões e comentários diversos. Fico muito feliz em saber que uma parcela considerável de técnicos, estudantes e entusiastas estão tendo acesso à publicação e que a mesma está fazendo a diferença entre estes. Tal informação pode ser também considerada como uma injeção de ânimo diante dos diversos problemas que surgem quando se está à frente de uma revista.
A Revista Espírito Livre traz, assim como nas edições passadas, a relação de ganhadores das promoções da edição anterior, que continuam nesta edição com o acréscimo do sorteio da Latinoware 2009. Firmamos uma parceria com a organização da Latinoware 2009, que nos disponibilizou 10 inscrições, as quais serão sorteadas entre os leitores. O evento que acontece no próximo mês e a Revista Espírito Livre estará presente! Então, se você não participou das promoções da edição passada, não perca tempo e participe. No site oficial da revista [http://revista.espiritolivre.org] e nas redes sociais onde a revista se encontra presente também pipocam novidades (e sorteios exclusivos).
A Revista Espírito Livre, vem mais uma vez mostrar para que veio, através de uma equipe competente e novas inserções no quadro de colaboradores, matérias de relevância e participação de toda a comunidade. Apresentamos um modelo de colaboração onde todos podem participar de alguma forma. Isto nos torna únicos. Agradecimentos a todos os que tornam todo esse amontoado de dados em informação de qualidade. Assim como disse na edição passada, sem vocês a revista não seria o que é.

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Aprender: uma aventura criadora

Já dizia Freire em seu livro "Pedagogia do Oprimido" que nós seres humanos somos os únicos dotados desta maravilhosa e inquietante arte de aprender sempre.
"Aprender para nós é construir, recosntruir, constatar para mudar, o que não se faz sem abertura ao risco e à aventura do espírito".
Aprender exige ação, busca e inquietação. Para aventuar-se à aprender precisamos nos libertar das amarras das aparências e da antiga, mas muito presente, visão de que o professor é um ser superior e dotado de todas habilidades, certezas e domínios de conhecimento. Ora, humildade me parece "palavra de ordem" para todo o educador que deseja aventurar-se e convidar outros à fazer parte deste empreendimento. Para tanto precisamos evidenciar "as qualidades ou virtudes que são construidas por nós no esforço que nos impomos para diminuir a distância entre o que dizemos e o que fazemos" e assim trazer sentido a nossa aventura de aprender e apreender.
Seguimos pensando, procurando embarcar e viver a aventura de aprender!!!

terça-feira, 1 de setembro de 2009

15º Congresso Internacional ABED de Educação a Distância terá participação de especialistas internacionais


Os Congressos da ABED sempre contam com palestras e apresentações de especialistas em Educação a Distância. Nesta 15ª edição, o evento terá a presença de diversas autoridades do Brasil e do exterior.
Entre os especialistas internacionais, destaque para as presenças do vice chanceler da Allama Iqbal Open University (AIOU), do Paquistão: Dr. Mahmood H. Butt, e do reitor da African Virtual University (AVU), do Quênia: Bakary Diallo. As duas universidades são exemplos de sucesso na Educação a Distância, sendo a AIOU a primeira Universidade Aberta da Ásia e a AVU uma universidade que visa garantir o acesso à educação de qualidade, utilizando tecnologias da informação e comunicação.
Além deles, também participarão do evento, a Presidente da University of Maryland University College (UMUC), Dra. Susan C. Aldridge; o pesquisador sênior do Instituto de Educação da Universidade de Londres, Robert Cowen; o especialista em tecnologias de aprendizagem do International Training Centre, Tom Wambeke; o diretor da University of California, Larry Cooperman, entre outros convidados.
O 15º Congresso Internacional ABED de Educação a Distância acontece de 27 a 30 de setembro, na cidade de Fortaleza. O evento terá como tema central: “A procura de inovações no processo ensino-aprendizagem em EAD - Identificando e Disseminando Inovações em Educação a Distância”.
Paralelamente ao Congresso, ocorre a ExpoEaD, uma grande feira de Educação a Distância, na qual as instituições poderão apresentar produtos e serviços aos participantes do evento.

Mais informações:
Site do evento: http://www.abed.org.br/congresso2009
Tel: (11) 3275-3561
E-mail: congresso@abed.org.br

Fonte: EAD-l

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

5ª Edição da Revista Espírito Livre recém saída do forno


Como de costume, apresentamos aqui o release da nova edição da Revista Espírito Livre.
"Em meio a correria do mês de julho, que é de férias para uns e um apenas mais um mês para outros, a Revista Espírito Livre traz o [GNU] Linux no desktop, apresentando de forma clara e simples, que isto é perfeitamente possível mesmo nos dias de hoje, onde muitos ainda insistem em dizer que o sistema não amadureceu, e que o mesmo tem como propósito habitar apenas servidores.
Nossa entrevista desta edição é com Clement Lefebvre, criador do Linux Mint, uma distribuição Linux baseada no Ubuntu, ainda não muito conhecida entre os brasileiros, mas vem conquistando devotos por onde passa, com forte apelo visual, quanto a elegância do Linux. Clement prova com o Linux Mint que é possível ter um desktop funcional, bonito e direcionado a usuários leigos, com ferramentas que facilitam a vida destes, que ainda estão por entrar no mundo do pinguim. Outros projetos nacionais apontam para o mesmo objetivo, como o Desktop Paraná, desenvolvido pela Celepar trazendo um desktop fácil de usar, baseado no Debian. O Ekaaty Linux também não segue a regra e também traz uma solução para usuários desktop com um ambiente fácil de usar e bastante completo.
A revista traz também novos parceiros que trazem a possibilidade dos leitores concorrerem a brindes, entre outros. Os que quiserem participar da revista como parceiros, não se acanhem, entrem em contato!
Trazemos ainda novas adições a equipe e que, com certeza, só enriquecerão ainda mais nosso trabalho. Boas vindas a Antônio Augusto Mazzi, que vai falar sobre emulação do DOS no Linux, Flávia Jobstraibizer que fala sobre PHPBoleto, Walter Capanema que traz os aspectos jurídicos sobre Spam, Francisco Junqueira com uma matéria interessante sobre Google App Engine e Hailton David Lemos, do grupo GoJava, que apresenta como trabalhar com JSP, Ajax e Servlet. Os tantos outros que colaboraram na edição, enviando suas dicas, dúvidas, comentários, participando das promoções, o nosso muito obrigado. Isso muito nos alegra e nos faz seguir em frente, mesmo diante das adversidades.
Como não poderia ser diferente em nossa seção de emails trazemos relatos sobre os leitores da revista com suas opiniões e relatos. Você leitor, pode usar este espaço também para tirar suas dúvidas. Aproveite e participe! Envie também o seu comentário!"

Revista Espírito Livre - Ed. n #005 - Agosto 2009

domingo, 9 de agosto de 2009

Stopots

Lembra do antigo jogo de Stop que tinhamos que encontrar palavras de diferentes temas de acordo com a letra sorteada?!
Pois é, agora temos a versão online deste jogo que fez parte de nosso dia-a-dia não só como passa tempo, mas também nos últimos minutinhos de aula. ;)
No Stopots "a princípio devem ser escolhidos temas, que posteriormente servirão como base para a dinâmica do jogo. Exemplos de temas são: Nome, Cor, Animal, dentre outros. Uma vez com os temas definidos, será sorteada uma letra entre os jogadores e inicia-se uma rodada. Todos devem responder cada tema com a letra sorteada no início da resposta. Aquele que responder todos os temas primeiro, aciona "Stop!", fazendo com que todos os outros jogadores parem de responder no exato momento."
É possível criar jogos com senha para que somente determinados participantes possam acessá-lo.
Aproveite e faça o teste!

sábado, 1 de agosto de 2009

Educação: 1969 x 2009


"Todo mundo 'pensando' em deixar um planeta melhor para nossos filhos... Quando é que 'pensarão' em deixar filhos melhores para o nosso planeta?"
Esta peça foi a vencedora em um congresso sobre vida sustentável.

"Uma criança que aprende o respeito e a honra dentro de casa e recebe o exemplo vindo de seus pais, torna-se um adulto comprometido em todos os aspectos, inclusive em respeitar o planeta onde vive..."

domingo, 26 de julho de 2009

Portal do Software Público disponibiliza versão do Linux Educacional utilizada pelo MEC para implementação dos laboratórios de informática da rede pública. A intensão é cria uma comunidade de utilizadores desta versão do linux, no intuito de difundí-la entre professores e alunos.
"O Linux Educacional é uma solução de software que colabora para o atendimento dos propósitos do ProInfo de forma a favorecer ao usuário final no que se refere ao uso e a acessibilidade da mesma, bem como ao responsável pelo laboratório no que se refere a manutenção e atualização da solução."
A comunidade do Linux Educacional pode ser acessada neste endereço: http://www.softwarepublico.gov.br/ver-comunidade?community_id=11809207

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Vila na rede - Um rede social inclusiva


Lançado nesta quarta-feira, durante o 29º Congresso da Sociedade Brasileira de Computação (CSBC), o e-Cidadania, uma nova plataforma de comunidades onlines que pretende ser mais inclusiva. "Esse projeto tem por objetivo estudar e propor soluções aos desafios do design da interação e interface de usuário em sistemas relacionados ao contexto do exercício de cidadania, a partir do desenvolvimento de ações conjuntas com a comunidade-alvo."
Uma versão beta pode ser acessada em http://www.vilanarede.org.br/, que está sendo desenvolvida na Unicamp por pesquisadores da diversas áreas do conhecimento, dentre elas, Educação, Ciência da Computação, Antropologia e Artes.

quarta-feira, 15 de julho de 2009

ETD - Educação Temática Digital

Capa: J. Pollack (1912-1956) - "The Key"

Lançada este mês a 2ª edição deste ano da revista ETD que "é uma publicação totalmente digital da Biblioteca Prof. Joel Martins da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas (FE/UNICAMP), abrangendo áreas temáticas publicadas nas diferentes seções deste periódico, com a participação dos Grupos de Pesquisa da UNICAMP com textos completos digitais. [ISSN: 1676-2592]."
Nesta edição a temática é "EAD, porque não?". Abordando a EAD sob diferentes enfoques, a revista apresenta relatos de experiência de algumas instituições, bem como lança um olhar para as relações estabelicidas no ciberespaço e ainda sobre a degradação da vida escolar.
Acesse aqui: http://www.fae.unicamp.br/etd

Boa leitura!!

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Musibraille: Partituras musicais em Braille

O projeto Musibraille destina-se a criar condições favoráveis à aprendizagem musical das pessoas com deficiência visual que sejam equivalentes às dos colegas de visão normal.
O Musibraille é um software que converte partituras musicais para o sistema braille. Uma das maiores difuldades de alunos com dificiência visual para aprender música é justamente a falta de recursos/partituras em braille para que possam acompanhar as aulas. Com este software não é necessário aos professores saber braille para ensinar música, pois a conversão é realizada automaticamente pelo programa.
O software foi desenvolvido pela professora Dolores Tomé em parceria com professores do Núcleo de Comunicação Eletrônica da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).
O software pode ser baixado pela internet no site do projeto, neste link: www.intervox.nce.ufrj.br/musibraille.

terça-feira, 7 de julho de 2009

Lançada a edição n. 4 da Revista Espírito Livre!

Saída do forno recentemente, a edição nº. 4 da revista apresenta como tema de capa os "Games" trazendo entrevista com autores e participantes de projetos na área. Aproveitando os eventos realizados no mês de junho a equipe trouxe relatos dos eventos e entrevistas quentinhas pra nós.
Também nesta edição a revista conta com a participação de "Cristiano Rohli, tratando de um tema que inflama conversas, Cezar Farias estréia uma coluna sobre Inkscape e outras ferramentas gráficas, Gustavo Freitas apresenta o SEM: Search Engine Marketing, Luiz Eduardo fala de seu livro sobre Python, entre outros".
Vamos lá!! Pegue já a sua!!!

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Dica de leitura

"Férias" (ainda sou do tempo que tínhamos um mês de descanso em julho) de inverno chegando e com elas um tempinho para fazer atividades prazeirosas e que nos tragam bem estar. Por isso hoje quero deixar uma dica de leitura para as férias: "A sombra do vento" de Carlos Ruiz Zafón, este é um romance eletrizante e intrigante do começo ao fim. Além de resgatar a "magia" dos livros, trás um histório de amor, intrigas, conspiração. Uma obra encantadora daquelas que são difíceis de se largar.
Título: A sombra do vento
Autor: Carlos Ruiz Zafón
Ano: 2007
Número de páginas: 399

Boa leitura!!!

terça-feira, 23 de junho de 2009

Equipamento desenvolvido no Brasil traduz páginas da Internet em braille

Pesquisadores da Unesp (Universidade Estadual Paulista) criaram um console em braille para permitir o acesso de deficientes visuais ao conteúdo de páginas da internet. Diferentementes de outros projetos nesta área, este visa a criação de um dispositivo eletromecânico capaz de exibir todos os diferentes sinais do alfabeto braille em uma matriz de pontos que se elevam e abaixam em uma superfície de referência.
O dispositivo está em fase de construção e os pesquisadores pensam em ampliar o projeto, como relata o seu coordenador José Márcio Machado: "Também pensamos em realizar uma generalização da ideia original para representar, por matrizes de pontos reconfiguráveis com maior dimensão, gráficos e figuras simples, que seriam reconhecidos pelo usuário também por via tátil. Isso seria muito importante, por exemplo, para o ensino de conceitos matemáticos avançados".

Fonte: Site Inovação Tecnológica

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Google



Fonte: Blog Nadaver

terça-feira, 9 de junho de 2009

Lançada edição n. 3 da Revista Espírito Livre

Foi lançada a edição de número 3 da Revista Espírito Livre! Revista Espírito Livre - Ed. #003 - Junho 2009 Revista Espírito Livre - Ed. n #003 - Junho 2009.
Com o tema de capa, Wiki e os novos modelos de construção de conhecimento, a revista apresenta novos colaboradores que falam sobre falando sobre segurança da informação, projetos do Software Público, SLOG, controle do PC pelo celular utilizando GNU/Linux.
Aproveite e baixe já a sua!


quinta-feira, 21 de maio de 2009

ONU apresenta a 1ª universidade global online e gratuita

A ONU apresentou hoje a primeira universidade global online e de matrícula gratuita, com a qual tratará de impulsionar o acesso à educação superior dos estudantes das regiões menos desenvolvidas do mundo.
Este novo projecto educativo, chamado a Universidade do Povo, surge no âmbito da Aliança Global da ONU sobre Tecnologia de Comunicação e Desenvolvimento (GIAD) para ajudar a colmatar as brechas internacionais em matéria de educação com o recurso às novas tecnologias.
«Para centenas de milhões de pessoas em todo o mundo, a educação é um sonho que não se pode tornar realidade», disse numa conferência de imprensa o fundador da Universidade do Povo, Shai Reshef.
Fonte: Diário Digital / Lusa

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Site reúne material sobre a institucionalização da Educação a Distância na UFSCar

Nos dias 30 e 31 de março, a UFSCar realizou o I Seminário sobre Educação a Distância na UFSCar, com o objetivo de debater e reunir subsídios para a institucionalização dessa modalidade de ensino na Universidade.
Agora, a equipe da UAB-UFSCar disponibiliza o site http://seminario.uab.ufscar.br/, onde estão disponíveis as apresentações realizadas durante o Seminário, avaliação dos organizadores dos resultados do evento, fotos e outros materiais. Acesse e acompanhe mais esse processo fundamental na história da UFSCar!


Fonte: EADL

terça-feira, 12 de maio de 2009

Lançada edição n. 2 da Revista Espírito Livre

Já está disponível no site da Revista Espírito Livre a sua segunda edição, que tem como capa “Leveza, estabilidade e performance”. Traz entrevistas com o criador do GoblinX Linux e com Robert Shingledecker, criador do Tiny Core Linux. Ainda conta com matérias sobre o Sacix, o TCOS e gerenciamento de projeto com o DOTPROJECT. Clique na imagem e faça o download agora mesmo.

Revista Espírito Livre - Ed. #002 - Maio 2009

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Quer aprender mais sobre o novo Acordo Ortográfico?!

Quer aprender mais sobre o novo Acordo Ortográfico?! Então divirta-se com o game sobre a Reforma Ortográfica disponível gratuitamenta na internet pelo portal LivroClip.
O Game é fruto de uma parceria entre o Complexo Educacional FMU e o LivroClip. O jogo é baseado no livro Guia da Reforma Ortográfica idealizado pela FMU e pelo Museu da Língua Portuguesa. Todo o conteúdo teve a chancela do professor Ataliba T. de Castilho, especialista em Língua Portuguesa.
O desafio do jogo é levar o peão até o final do tabuleiro. São 50 questões e 25 casas a serem percorridas. A cada resposta correta o jogador deve levar o peão até a casa seguinte, após posicionar o peão na casa correta uma nova questão é apresentada. Experimente:



Gostou?! Quer fazer o download do game?! Então acesse agora mesmo este endereço: http://www.livroclip.com.br/index.php?acao=extras_obras&clip_cod=183#

segunda-feira, 4 de maio de 2009

Google contrata 200 cabras para aparar grama da sede da empresa em Mountain View

Plantão Publicada em 03/05/2009 às 13h15m
O Globo
RIO - A expectativa em relação a empresas de alta tecnologia como o Google é que mesmo questões do dia-a-dia se resolvam com aparatos de última geração que automatizam a solução de todas as tarefas, das mais complexas às mais banais. Pois nesta sexta-feira o gigante da internet anunciou uma contratação inusitada.
O Google agora conta com 200 bodes e cabras que fazem o serviço de cortar os amplos gramados da sede da empresa em Mountain View, Califórnia. O Google justificou a medida como uma forma de proteger a natureza, trocando os barulhentos e poluidores cortadores de grama a gasolina pelos animais.
"O custo é quase o mesmo, e as cabras são bem mais bonitinhas que máquinas de cortar grama", diz Dan Hoffman, gerente de serviços internos do Google.
Segundo a explicação dada por Hoffman no blog oficial da empresa, no quartel-general do Google existem "alguns gramados que precisam ser cortados ocasionalmente para retirar ervas daninhas e evitar o risco de incêndios".
Um criador leva cerca de 200 animais a Mountain View e eles passam uma semana na sede do Google, comendo a grama e ao mesmo tempo fertilizando o terreno. O pastoreio dos animais é feito com a ajuda de Jen, uma simpática border collie, considerada uma das raças de cachorro mais adequadas para a função.
http://oglobo.globo.com/tecnologia/mat/2009/05/03/google-contrata-200-cabras-para-aparar-grama-da-sede-da-empresa-em-mountain-view-755667966.asp

Fonte: O Globo

Abre parenteses: Por mais louvável, ambientalmente falando, que seja a iniciativa da Google... As 200 cabras fazem o trabalho de quantos homens? Será que houve aí uma contribuição para a crise econômica, com a demissão de mais alguns trabalhadores? Ah! Mas nisso ninguém pensa, afinal... as demissões estão na moda e são apenas cortadores de grama.

quarta-feira, 29 de abril de 2009

A inclusão sob a perspectiva da lei

A inclusão sob a perspectiva da lei, este é o título do novo artigo publicado no "Colunas do Portal". Esta é uma sessão especial de artigos do site EduKBr.


Se você gosta de escrever, é possível enviar artigos e se tornar um colunista colaborador do "Colunas do Portal". Acesse e participe!!

segunda-feira, 27 de abril de 2009

II Congresso Internacional de EAD do Senac Rio



Tema: Inovações Tecnológicas e Metodológicas em EAD
Data: 14 e 15 de maio de 2009
Local: CBC - Colégio Brasileiro de Cirurgiões Rua Visconde Silva nº 52 Botafogo - Rio de Janeiro/RJ
Realização: Centro de Tecnologia e Gestão Educacional do Senac Rio
Maiores informações em: http://avas4.rj.senac.br/congressoead2/
Fonte: SENAC RIO

terça-feira, 14 de abril de 2009

7º SENAED - Seminário Nacional ABED de Educação à Distância "Polifonia na Docência e Aprendizagem Online"


O 7º Seminário Nacional ABED de Educação a Distância - SENAED acontece entre 23 e 31 de maio de 2009, com uma grande novidade: pela primeira vez, o evento será totalmente a distância!O tema central do Seminário é a "Polifonia na Docência e Aprendizagem Online", envolvendo os diversos canais e as diversas vozes que participam da educação online. As atividades serão realizadas tendo sempre como referência os conceitos de interatividade e bidirecionalidade.O evento envolverá inúmeras atividades síncronas e assíncronas em diversas plataformas, como: listas de discussão por email, ambientes virtuais de aprendizagem, redes sociais, blogs, wikis, podcasts, vídeos, videoconferências, rádio, televisão, games e mundos virtuais.Um dos objetivos do 7º SENAED é demonstrar, na prática, como essas diferentes ferramentas podem ser adequadamente utilizadas na educação a distância. O evento pretende, também, discutir o grau de proximidade que é possível alcançar com essas ferramentas e tecnologias entre os diversos personagens que participam da EaD.Entre os debates, um interesse especial será dedicado à formação para a docência online e ao personagem "tutor", incluindo sua contratação, remuneração, formação e qualificação.Ainda teremos a discussão de outros temas, dos quais podemos destacar o papel do MEC na regulação da EaD; a situação da UAB - Universidade Aberta do Brasil; a validação de cursos de mestrado realizados no exterior; pós-graduação stricto sensu à distância; a qualidade dos cursos desenvolvidos na modalidade a distância e a introdução da EaD no ensino fundamental e médio.As atividades envolverão palestrantes e moderadores que se destacam na prática e reflexão sobre EaD, contando com o apoio de diversos polos distribuídos pelo país. Os trabalhos e palestras apresentados durante o evento, assim como o resultado das discussões e construções coletivas, serão publicados no primeiro número da Revista da ABED, a ser lançada durante o 15° CIAED.Importante: O 7º SENAED será gratuito, com muitas atividades abertas, mas para se inscrever, participar de algumas atividades fechadas e ter direito ao certificado, você precisa ser associado à ABED .

Realização: ABED
Coordenador: João Mattar (Universidade Anhembi Morumbi)
Comissão Organizadora: João Mattar (Universidade Anhembi Morumbi), Eliane Schlemmer (Unisinos) e Marco Silva (Estácio/UERJ)

Fonte: ABED