domingo, 16 de novembro de 2008

Pense bem...

"Se alguém já lhe deu a mão e não pediu mais nada em troca. Pense bem, pois é um dia especial..."
Esta é uma estrofe da música "Dia especial" do Cidadão Quem, uma banda gaúcha.
Você já parou pra pensar em quantas pessoas fizeram algo por você sem pedir nada em troca? E o quanto você faz algo por outrem, sem pensar em receber por isso?!
Vivemos numa sociedade baseada em cobranças e conquistas. Se você não tem determinada coisa, não é bom o bastante. Se não ganha acima da média é porque precisa se esforçar mais... Acostumamo-nos a tomar por base em nossas vidas questões meramente materiais, que na maior parte das vezes parece sem sentido fazer algo sem esperar algo em troca. Seja uma gratificação, um favor futuro, um pagamento... As relações "mercantis" tornaram-se a base, o pano de fundo pelos quais os contatos se estabelecem.
Por isso, se você tem um amigo que "já lhe deu a mão e não pediu mais nada em troca", você é uma pessoa de muita sorte e deveria se sentir feliz e realizado por isso.
Passamos a vida convivendo com pessoas que muitas vezes nem conhecemos, nem sabemos do que realmente gostam, pois estamos ocupados e apressados demais para observar, ouvir e dar um pouquinho do nosso tempo sem pedir nada em troca. Somos seres de relações, de contato e que inevitavelmente não vivemos sozinhos. Somos seres que necessitam de outrem para sobreviver, e isso não tem nada a ver com poder aquisitivo. Pois de que adianta ter muito, muito dinheiro se não se sabe como plantar para colher o alimento?
Viemos para este mundo para vivermos e convivermos em harmonia e em complementaridade com nosso “vizinho”.
A pouco li o livro “Através do espelho”, este livro me trouxe novamente à reflexão de que somos seres de transição e que por isso precisamos aproveitar da melhor maneira nosso tempo de “viagem”. Então... Pense bem! Você pode ter tido um "dia especial", sem ao menos ter se dado conta. Mas nunca é tarde!! Olhe as pessoas com os olhos do coração e sinta o quanto se pode ser especial para com os que estão a nossa volta e o quanto é maravilhoso saber que somos especiais de verdade para um AMIGO ESPECIAL. É possível, basta estar receptivo e sentir o coração das coisas e das pessoas.

2 comentários:

Lutiane disse...

Adorei este texto, ele me fez refletir muito.
Tenho muitos amigos especiais, que estão sempre ali quando preciso deles.
As vezes me questiono, "será que faço minha parte?"
Penso que nunca conseguirei retribuir tudo que as pessoas fazem por mim. Sou uma privilegiada!
Minha vida é maravilhosa por ter tantas pessoas especiais a minha volta!

Micheli disse...

Priiii...escrevendoooo viva viva!!!
Adorei o texto sobre "Pense bem..."e o do livrinho do Boff tu definiu perfeitamente a real utilidade dele...livro certamente de cabeceira, e eu sou previlegiada por ter ganhado o meu!
beijoo